facebook linkedin twitter 
970x300px_Banner Market Watch_Março 2022
Recuperação Económica
Análise

Ano de 2022 Será de Recuperação
Para a Economia Moçambicana

A economia moçambicana cresceu 2,16% em 2021, após ter registado uma contracção de -1,23% em 2020, de acordo o Instituto Nacional de Estatística (INE). Em 2021, o PIB registou variações positivas de 0,12%, 1,96%, 3,36% e 3,32% a cada trimestre. Esse crescimento é justificado na maior parte pelo bom desempenho do sector primário.

Para o presente ano, estima-se um crescimento mais acelerado do PIB por parte do Governo (2,90%), Oxford Economics (3,20%), Fitch Solutions (5,00%) e Fundo Monetário Internacional (5,30%).

Estas previsões estão ancoradas aos avanços das operações de exploração do Gás Natural Liquefeito (GNL) offshore e a retoma da Total no projecto onshore, controlo da pandemia a médio longo prazo, controlo da instabilidade na zona norte do país, e responsabilização pelas dividas contraídas ilegalmente (o que poderia resultar na melhoria do rating do país, e impulsionar o investimento estrangeiro num futuro próximo).

O ano de 2021 foi um ano record para as receitas de exportações moçambicanas, havendo crescimento das mesmas em 55% para USD 5,6B, as exportações que mais contribuíram para este aumento foi o carvão (41%), alumínio (20%) e areias pesadas (11%), espera-se que este aumento se mantenha em 2022 devido à subida dos preços das principais mercadorias de exportação e o início das exportações de LNG do projecto Coral FLNG.

Moçambique foi admitido a participar como observador no Fórum dos Países Exportadores de Gás (GECF) em Doha, Qatar. Os estados-membros do GECF são responsáveis por 44,00% da produção global de gás, 67,00% das reservas mundiais de gás, 64,00% das linhas de transmissão de gás e 66,00% do comércio de Gás Natural Liquefeito (GNL) em todo o mundo.

A procura por carvão a nível mundial, que atingiu o pico em meados de 2021, ainda está a registar aumentos de preços. Em resposta à crescente procura de capacidade de exportação, os Terminais de Granéis Secos de Maputo e Matola (GML e TCM), subconcessões da Maputo Port Development Company (MPDC), estão a ponderar a expansão dos seus serviços. A capacidade do GML será aumentada da capacidade atual de 1,5 milhão de toneladas por ano para 4,5 milhões de toneladas por ano no primeiro semestre deste ano, um aumento de 200%.

A capacidade atual da TCM de 7,3 milhões de toneladas por ano será aumentada para 12 milhões de toneladas por ano no curto e médio prazo e para 20 milhões de toneladas por ano no longo prazo. Estes investimentos poderão aumentar as exportações de mineradores sul africanas, aumentando o volume de exportações dos usuários actuais do porto e promover o acesso ao porto por novos usuários.

Após o pânico gerado pelo surgimento da nova variante ómicron da corona vírus, que aumentou significativamente o número de casos e óbitos pela doença no mês de Dezembro, chegando a atingir uma média de 2,715, a situação epidemiológica no país tem melhorado desde o princípio do ano, estando actualmente a registar médias abaixo dos 60 casos. Com a situação epidemiológica a mostrar melhorias, o Presidente da República nas duas conferências de imprensa feitas em torno da COVID-19, decretou relaxamentos de mediadas de contenção e aberturas para diversos tipos de actividades comercias e serviços.

Os EUA, com o último lote enviado 840 mil doses, completaram a 4,3 milhões de doses de vacinas J&J doadas a Moçambique, no seu programa de apoio no acesso equitativo a vacinas em todo o mundo.

Os quase USD 80 milhões em assistência do governo dos EUA para combater a COVID-19 em moçambique incluem o fornecimento de suprimentos urgentes que apoiam a prevenção e o controle de infecções; melhorar a capacidade dos laboratórios e unidades de saúde; melhorar a vigilância, resposta e gerenciamento de casos da COVID-19; desenvolver e melhorar o alcance da saúde pública, a comunicação de riscos e o envolvimento da comunidade; e apoiar a implantação da vacina COVID-19 em todo o país.

A nível internacional o final do mês de Fevereiro, ficou marcado por o início da invasão da Ucrânia por forças militares da Federação Russa. Este evento trouxe um aumento da instabilidade dos mercados a nível mundial, prevê-se que este acontecimento terá um impacto directo no aumento dos preços de commodities tais como o petróleo, gás natural e trigo, e que levará a uma necessidade de encontrar alternativas de fornecimento de gás natural a nível mundial, por parte da união europeia, de forma a assegurar a sua segurança energética.

A inflação em Moçambique aumentou significativamente em Janeiro, os preços dos produtos alimentares, transportes, e propinas escolares estiveram em alta, em parte por causa das recentes intempéries e fortes chuvas, que destruíram a produção e tendo um impacto adverso nas cadeias de fornecimento, os transportes por sua vez tiveram as suas tarifas agravadas acompanhando desta forma a subida dos preços dos combustíveis. A inflação mensal aumentou +2,80% (contra os +1,49% no mês anterior), e a inflação homóloga ascendeu a 7,80% (contra 6,74%), segundo reportam os dados do INE.
IPC
Captura de ecrã 2022-03-08, às 15.48.02
Na última reunião do Comité de Política Monetária (CPMO), decidiu-se pela manutenção das taxas de referência. A prevalência das perspectivas da inflação, o agravamento dos riscos e incertezas associados à pressão fiscal e os choques climáticos, foram as bases para esta decisão.

Com a actual conjuntura económica global, de subida de preços das matérias-primas, o Banco Central pode ser forçado a subir as taxas de referências, dado que a inflação se aproxima cada vez mais da meta estabelecida (inflação abaixo de 2 dígitos).

A consultoria Oxford Economics Africa prevê que o Banco de Moçambique irá aumentar este ano a taxa MIMO para 14%, mais 75 pontos base do que o valor actual, devido às condições globais de crédito e à subida da inflação. A próxima reunião ordinária do CPMO está prevista ocorrer a 30 de Março de 2022.
Taxas de Juro de Referência
Taxa de Juro de Referência

Moeda

Metical Permanece Estável

O mercado cambial, continua caracterizado pela estabilidade do MZN que vem sendo observada desde a segunda metade de 2021. O dólar norte americano (USD) tem-se mantido estável, estando a cotar a USD/MZN 63,83 ao câmbio do Banco de Moçambique.

Durante o mês de Fevereiro, em relação ao ZAR e o EUR, o Metical registou ligeiras apreciações de 0,2% e 0,7%, respectivamente.
Taxa de Câmbio
Mercado Cambial

Dívida

Mercado Monetário

No mercado de dívida de curto prazo, as yields médias das BT’s para as maturidades 91 e 182 dias fixaram-se em 13,37%, 13,38%, respectivamente, mas a yield para a maturidade de 364 dias a yield no último leilão foi de 13,36% (uma redução de -0.04%).

Nestes meses, tem se observado uma maior colocação nas BT’s com maturidade de 91 dias que representam 66,64% do montante de MZN 35 mil milhões emitidos até o momento.

Mercado de Capitais

Mercado Primário

O mercado primário de divida de longo prazo, de emissões de Obrigações do Tesouro, abriu em Fevereiro, com a emissão das OT’s 2022 S1 (5 anos) e S2 (3 anos) no montante agregado de MZN 6,873.

As yields médias das obrigações emitidas nos dois leilões foram 14,58% para OT’s 2022 S1 e 14,82% para a OT’s 2022 S2. Com estes dois Leilões o Estado conseguiu arrecadar MZN 4,852 milhões.
Mercado Primário
Yeld Curve da Dívida Pública Moçambicana
Yeld Curve da Dívida

Mercado Secundário

CMH e CDM Marcaram o Tom em Fevereiro

O mercado accionista no mês de Fevereiro, ficou marcado pelo volume de MZN 3,5 milhões feitos com as acções da CMH, seguidas das Acções CDM que tiveram um volume de MZN 995 mil.

As acções CDM fecharam o mês a cotar 60,00 MZN / acção (uma desvalorização de -25%), enquanto as outras acções mais transaccionadas fecharam em terreno positivo.

As acções HCB fecharam o mês a 2,50 MZN/acção (+19,05%), a CMH a 3,250 MZN / acção (+8,33%) e a EMOSE a 15,00 MZN / acção (+25,00%).
BVM Acções
Obrigações do Tesouro
Obrigações
Obrigações Corporativas
Obrigações Corporativas
Artigo elaborado pela equipa de research do Banco Big Moçambique.
BVM Banner-970x250

Opinião

Líria Nhavotso_Site

Lá Fora

Índices Bolsistas

Crescimento da Inflação Gera Preocupação nos Investidores

A tensão militar na Europa entre a Rússia e a Ucrânia chegou ao extremo com o ataque perpetrado pela Rússia na madrugada de 24 de Fevereiro. O ataque foi direcionado as bases militares da Ucrânia.

Os investidores já mostravam algum cepticismo quanto aos mercados acionistas, porque previam a ruptura nos mercados assim que o ataque ocorresse. Nesta fase, o mercado reagiu com a venda de ações europeias.

Os índices S&P 500, EURO STOXX 50, e JSE ALL SHARES fecharam a 4.384,62 pontos (-2,90%), a 3.970,69 pontos (-4,88%), e a 67.719,42 pontos (-0,15%), respectivamente.

Captura de ecrã 2022-03-08, às 17.21.58

Commodities

Petróleo com Maiores Ganhos em Mais de Uma Década

O Petróleo Brent atingiu neste mês os USD / Barril 100,00 (+8,95%), no mesmo dia em que ocorreu o início da invasão à Ucrânia. O Brent não chegava a estes níveis desde 2014.

Grandes empresas do mercado das matérias-primas como a BP, Shell, Exxon Mobil, Glencore, Vitol e Trafigura tem operações na Rússia que poderão ser afetadas pelas possíveis sanções dos países ocidentais. A BP por exemplo detém quase 20% da Rosneft e a Shell detém 27,5% de um projeto de gás com a Gazprom, podendo assim indiretamente sofrer com sanções financeiras.

O Ouro fechou a USD / t oz 1.912,10 (+6,52%), sendo uma opção segura de investimento no momento. O Gás Natural fechou a USD / Mmbtu 4,61 (-5,48%), e o Alumínio a USD / T 3.357,50 (+11,14%).

Energias
Captura de ecrã 2022-03-08, às 17.21.29
Metais
Captura de ecrã 2022-03-08, às 17.21.38
Carvão
Captura de ecrã 2022-03-08, às 17.26.06

Newsroom

Trigo_Easy-Resize.com
USA Cripto_Easy-Resize.com
08 de Março, 2022

Daily Market Watch

Thumb_Header_1199GO_BullBearMarket_20211129_Easy-Resize.com
Mercados

Resposta da UE Alivia “Bear Market” nas Bolsas Europeias

Clique Para Aceder Ao Relatório Diário
Banners-Blink-970x250px
Diário Económico 2020 © Todos os Direitos Reservados
www.diarioeconomico.co.mz
Maputo, Moçambique
08 de Março de 2022
news@diarioeconomico.co.mz